Dublado

É dessa forma que funciona quando se conhece alguém de verdade. Fica dublado com legendas e créditos. Tudo que é dito, se completa pelo outro. É magica do conhecer, do sentir empatia… do inicio gostar. Estou a tempos sem conhecer alguém assim. Embora eu saiba que me aprofundo demais, e de vez em quando sinto a sensação de está começando a grudar demais, e recuo. Tento parecer perfeito em tudo! Tento sempre estar passando uma boa impressão, que em seguida, me deixa em depressão e é quando todo mundo vai embora. Eu estou me tornando um poço, a galera busca água e vaza! É… eu poderia ir com eles, me divertir com eles, mas… James, é aquele cara quieto, que prefere evitar; que prefere não falar; que não quer incomodar. E que devagarinho se percebe, e se vê incomodado com quem és. Eu não quero perturbar, para perturbar a mim mesmo. Eu tento deixar dublado saca? Pra todo mundo se amarrar! E quando eu abro a porta de casa, e ponho os pés pra fora, nem legendas eu vejo… linguagem estranha, não tem sentir. Pra ser sincero eu estou cansado, e os textos não estão tirando mais como antes o peso…. na verdade está mais pesado quando mais se passa o tempo. Eu sei! Eu sei que preciso além dublar, convidar as pessoas para entrarem na sala e assistirem o filme, e saberem o que sou, e porque tanto drama. Eu estou cansado, e não quero ficar parado… uma hora todo mundo vai dar play! Eu também, claro. :) :/ :|