De ‪‎tudo‬ e do ‪‎nada‬

De tudo

E do nada…

Eu tenho o querer;
Eu faço a obra;
Pois me querem fazer.
Eu tento pagar;
Com a solidão;
dou cinco andar;
bato palma e mão.
se fico pra ir;
quero dizer pra ficar;
não tenho palavra;
pra poder lhe encarar.
De nada,
E do tudo…
Só amor;
O poder;
Pra fazer, de fazer…
Que todos
Dancem em par…
Se não tem a resposta,
Pare de procurar!!!
O seu tempo é curto e…
Cê tem que amar!
De tudo e do nada, é uma solidão,
Se paro e penso, fico em confusão.
Pra voz só a dizer:
Corra meu jovem,
Pro futuro tecer.
Pra saber então:
Sempre, sempre…
Amor nunca espera em vão. ‪#‎James‬ … “O nada é cheio de não saber… Pelo menos tem algo, para se tentar entender