Como simplificar

1

As pessoas dizem muito, ou melhor, falam demais. Elas votam muito, mas esquecem de saber votar. Dizem absurdos em relação a roubos, corrupção… Mas não deixam de furar uma fila, de perguntar de quem seria aquela nota ao chão. As pessoas de fato dizem muito. Desculpe-me, eu queria dizer que, elas tentam dizer. Dizer é cumprir, falar é brincar! Entende agora. Quando houver de fato sua palavra, você diz! Não preciso explicar o verso.

As pessoas julgam demais! Se ao menos estivessem na mesma situação iriam querer a compreensão até de outros planetas. Bando de macacos, epa, não me denuncie! É um elogio afinal. Os atos a tráfegos que fazem átomos dividirem a todo tempo, que faz a vergonha ter medo da coragem, do realismo, de saber encarar de verdade. As meninas Escândalo total, quando é famosa mais ainda, fora do normal!!! Onde está meu mundo, no bolso do escrúpulo? Tirar uma foto enviar sem receio, parece meio leiga a mentalidade no momento.

Na escola o ensino não avança, porque nós mesmos não criamos um fiapo de esperança. Na mesma linha, a realidade de hoje, pode-se perceber muito, as mãos tremendas, os olhos vermelhos, o desespero de quem ao menos sabe em quais mãos podem estar sua intima particularidade que, nem é mais, se perdeu, se fodeu! Vamos ajudar, vamos tentar simplificar o mundo de hoje! Tem gente que não entende, precisa de uma sincera ajuda. O amor de hoje, não é amado como o do passado.

O produto vale, se compra, é roubado. Sentimentalismo, amor! O impulso é o resultado de qualquer amor jovem… Elas só querem ser amadas e, é meio sem sentido começar com os roubos, a indisciplina do povo, e terminar na que está hoje, sem estrada. Mas, podemos comparar o fim com o início.

¹E se você soubesse votar! Escolhe um cara, um daqueles que com certeza serviria como um belo par. Que mudasse a forma de como usamos nossa comunicação, que fizesse que mais vezes déssemos as mãos. Nem se olha mais aos olhos, tudo artificial, mas, real. Tem vida que está sendo impressa, logo, facilmente manchada. A tecnologia querendo ser vida. ²E se você soubesse mudar! Começasse a pensar, planejasse um modo de votar. “Cê” que sabe, a escolha é sua, os filhos no futuro serão seus; a ignorância hoje será mais irrigada por você; a preguiça de fazer terá você como codinome principal… Carregar esse peso como apelido, que chato em!

É, eu sei que agora concorda que bando de macacos era um elogio.

Paro, e penso.

Agora vai, não para de pensar! O que você faz, mesmo se não vê, faz efeito quando de novo você tem que reeleger. (Eu tento, e você?) James Oliveira.

¹E se você soubesse votar!
²E se você soubesse mudar!
³ Aqui você coloca o que quiser… e continue!

 

 

Anúncios